TRANFERENCIA-PADRES

PADRES BALDAN E RICARDO SÃO TRANSFERIDOS DA PARÓQUIA DA POMPÉIA. NOSSOS AGRADECIMENTOS DE TODA A COMUNIDADE AOS NOSSOS QUERIDOS PADRES.

O Senhor Bispo Diocesano Dom Tarcísio Scaramussa, por motivos pastorais e para maior glória de Deus, decidiu transferir alguns padres de suas respectivas paróquias para outras comunidades em nossa Diocese de Santos. As transferências de padres são normais em qualquer Diocese e estão previstas pelo código de Direito Canônico. Padre Antonio Baldan Casal pároco da Pompéia, e Padre Ricardo de Barros Marques, vigário paroquial, serão transferidos da nossa Paróquia.

PADRE ANTONIO BALDAN CASAL, nasceu em Santos, no dia 23 de junho de 1957 e foi ordenado padre no dia 19 de março de 1994 por Dom David Picão, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Guarujá. Foi nomeado como vigário paroquial da Paróquia Santo Antonio, na cidade de Caraguatatuba, que pertencia à Diocese de Santos, tendo assumido logo depois a função de administrador paroquial da mesma paróquia.
No mesmo ano, em 29 de abril, assumiu como pároco na Catedral de Santos.

Em março de 2000 veio para a Paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Pompéia, como pároco, onde permaneceu até hoje. Neste meio tempo também assumiu como administrador paroquial da Paróquia de São Paulo Apóstolo de 2000 até 2007.

Além disso assumiu vários ofícios na Diocese de Santos:

- O mais importante foi o de Vigário Geral, de 2001 até meados de 2011.
- Ecônomo, de 1995 até meados de 2004
- Procurador da Mitra Diocesana de Santos, de 1997 até meados de 2011.
- coordenador da Cúria Diocesana, de final de 2006 até meados de 2011.
- Cerimoniário do Bispo Diocesano, de 1995 até 2003.
- Assessor Diocesano da Pastoral da Juventude, de 2000 até 2003.

Na Paróquia da Pompéia, Padre Baldan foi um grande pastor e pai e ao mesmo tempo um grande administrador. Como pastor, Padre Baldan implementou o projeto Dom Bosco, um grande projeto educacional e social em favor das crianças, jovens e adultos. Também implantou a Orquestra Jovem da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompéia. Além disso implementou várias pastorais e acompanhava de perto a catequese de crianças, jovens e adultos. A principal marca foi a criação da comunidade de São João Paulo ll para atender pastoralmente uma parte do bairro do Campo Grande que pertence à nossa Paróquia.Como administrador, Padre Baldan foi responsável pela reforma da Igreja da Pompéia, como a restauração da Capela do Santíssimo, instalação de aparelhos de ar condicionado, bancos novos, reforma dos sinos, das salas de aulas e nova secretaria. Também
construiu a Capela São João Paulo ll e reformou a Capela do Bom Pastor.Padre Baldan será transferido como pároco da Paróquia São Judas Tadeu, no bairro do Marapé em Santos.

PADRE RICARDO DE BARROS MARQUES, nasceu em Santos, no dia 22 de março de 1969 e foi ordenado padre no dia 12 de dezembro de 1998 por Dom David Picão, em Santos.

Foi nomeado como vigário paroquial, da Paróquia de São Sebastião, na cidade de São Sebastião, litoral norte de São Paulo, enquanto essa região pertencia ainda à Diocese de Santos, e ali ficou durante o ano de 1999. Tendo sido criada a nova Diocese de Caraguatatuba, que se separou da Diocese de Santos, continuou lá por mais 3 anos, na missão de primeiro Reitor do Seminário da nova Diocese de 2000 até 2002. Neste mesmo
tempo assumiu o ofício de promotor vocacional e de Auditor da Câmara Eclesiástica que estava ligada ao Tribunal Eclesiástico de Aparecida. Em 2003 Padre Ricardo voltou para Diocese de Santos, onde veio para a Paróquia da Pompéia, como vigário paroquial, e ao mesmo tempo como promotor vocacional da Diocese, tendo ficado aqui até a metade de 2007.

Em meados de 2007 foi nomeado como Reitor do Seminário Diocesano São José, onde ficou até o final de 2010, continuando nesse tempo como promotor vocacional. De 2003 e até 2010 foi cerimoniário do Bispo Diocesano.

Em 2011 foi para Roma, para concluir seus estudos, onde tirou o título de Mestre e o título de Doutor em Direito Canônico pela Pontíficia Universidade Lateranense de Roma. Em julho de 2014 voltou para o Brasil, tendo sido nomeado como vigário paroquial da Paróquia da Pompéia.Em 2015 assumiu aulas como professor no curso de Teologia para Leigos do Instituto São José de Anchieta e a partir de janeiro de 2016 assumiu o ofício de Defensor do Vínculo do Tribunal Eclesiástico de Santos. Na Paróquia da Pompéia sempre trabalhou junto com padre Baldan e dentre os seus
encargos acompanhou os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, a Liturgia, a música, a pastoral da saúde, a visita aos enfermos, etc... Padre Ricardo foi transferido como pároco da Paróquia São Paulo Apóstolo, no bairro do José Menino em Santos.

A pastoral da comunicação, em nome das pastorais da Paróquia da Pompéia, agradece aos padres Baldan e Ricardo pelos anos dedicados a evangelização e ao crescimento espiritual dos paroquianos. Que Deus os abençoe nesse novo ofício que irão assumir. Até breve.